Dia do Orgulho Nerd!

bikiniE aí macacada! Seguinte, hoje, sem palhaçadas e demais delongas, é o Dia do Orgulho Nerd! Hoje, nós, Nerds, que vamos mais cedo ou mais tarde dominar o mundo(prova disso é que já somos indispensáveis pra sobrevivência e conforto geral da nação), comemoramos o nosso dia. O momento em que erguemos as mãos pra cima, agradecemos por todas as coisas Nerds do mundo, comemoramos escutando a Marcha Imperial(trilha do post de hoje, por sinal) ou fazendo alguma coisa Nerd, e assistimos filmes nerds. Ou fazemos o que der na telha, anyway. Como pretexto, coloco aqui os símbolos(pra mim), do lado Nerd machista. Até porque, como bem todo mundo sabe, eu me considero machista. Então não tem coisa melhor que colocar a Carrie Fisher, Deusa Nerd Old School, pra abrir o post. E mostrar que a nerdaiada também sabe o que é ser feliz.

Ah, antes que eu me esqueça, o porquê do dia 25 ser escolhido pra comemorar a data: Star Wars – A New Hope estreou no dia 25 de maio de 1977, comemorando hoje seus 32 anos. Quase a idade do meu irmão.

Enfim, gurizada, é isso aí, ser Nerd hoje em dia é “moda”, infelizmente, mas nós reconhecemos os que são verdadeiramente Nerds, como nós. E reconhecemos que nós é que sabemos nos divertir, sem necessitar de nada, sem nos importarmos com o que os outros pensam…a não ser que sejam Nerds. Pra completar, deixo os Direitos e Deveres de um Nerd(oficiais), que representam o dia e a “classe”, e mais duas imagens em homenagem às “Nerdas”, que em especial, fazem a vida de nós, Nerds, ser ainda melhor e mais feliz, simplesmente por existirem(taí minha homenagem às mulheres, que sem elas a gente não vive.)

Direitos de um Nerd:

  1. O direito de ser ainda mais nerd.
  2. O direito de não sair de casa.
  3. O direito de não gostar de futebol ou de qualquer outro esporte.
  4. O direito de se associar a outros nerds.
  5. O direito de ter poucos (ou nenhum) amigo.
  6. O direito de ter tantos amigos nerds quanto quiser.
  7. O direito de não ter que estar “no estilo”.
  8. O direito ao sobrepeso (ou subpeso) e de ter problemas de vista.
  9. O direito de expressar sua nerdice.
  10. O direito de dominar o mundo.

Deveres de um Nerd:

  1. Ser nerd, não importa o quê.
  2. Tentar ser mais nerd do que qualquer um.
  3. Se há uma discussão sobre um assunto nerd, você tem que dar sua opinião.
  4. Guardar todo e qualquer objeto nerd que você tenha.
  5. Fazer todo o possível para exibir seus objetos nerds como se fosse um “museu da nerdice”.
  6. Não ser um nerd genérico. Você tem que ser especialista em algo.
  7. Assistir a qualquer filme nerd na noite de estréia e comprar qualquer livro nerd antes de todo mundo.
  8. Esperar na fila em toda noite de estréia. Se puder ir fantasiado, ou pelo menos com uma camisa relacionada ao tema, melhor ainda.
  9. Não perder seu tempo em nada que não seja relacionado à nerdice.
  10. Tentar dominar o mundo!

Eu acrescentaria “Saber de cor o Código Jedi, se possível o Código Sith, ou algum código, canção ou coisa parecida de algum filme muito Nerd”, mas essas é a minha opinião(e sim, eu sei os códigos Jedi e Sith de cor, incluindo o código Jedi Arcaico, só pra me exibir do quanto eu sou Nerd).

3213028491_c0a67e0e2d

2510609961_4391655a2c

2 pensamentos sobre “Dia do Orgulho Nerd!

  1. achei legal seu blog…. pena que vc se assumiu ser machista!!! coisa feia hein! axo legal o homem ser homem e respeitar o espaço da mulher, pois assim como o nerd luta pra ser reconhecido como seres humanos, nós mulheres também lutamos…
    Pense nisso e respeite, afinal vc deve sua vida a uma mulher!!!

    • Depende do ponto de vista, Cris. Eu admito ser machista, porque no momento em que tu te comporta como cavalheiro, indiretamente, tu tá dando a entender que a mulher é o “sexo frágil”. Embora eu diferencie, por efeito de semântica, machismo e feminismo de sexismo. Sexismo sendo o desprezo pelo sexo oposto, feminismo sendo descrito pela frase “homem é tudo igual”, e o machismo pela frase “mulher é tudo louca”. Feminismo e Machismo, pra mim, nada mais são do que certos comportamentos típicos, femininos e masculinos, respectivamente, apenas mais acentuados. Já sexismo é um problema tão desnecessário e retrógrado quanto a maioria dos ismos: racismo, sexismo… todos uma porcaria.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s